Posted on

Após a busca ativa realizada pela equipe da Prefeitura Municipal, foram identificados quatro moradores em situação de rua que não tinham casa. As demais situações são de pessoas que, apesar de viverem em situação de rua, possuem residência fixa no município.

É importante salientar que o trabalho realizado visa evitar a aglomeração de pessoas, mas que o ir e vir é assegurado a qualquer cidadão. Portanto, o Governo Municipal está fazendo a sua parte disponibilizando a Escola 7 de Setembro para abrigar os moradores que não dispõem de casa.

Todas as medidas estão sendo adotadas para garantir os cuidados necessários, sem que haja riscos para os profissionais que vão atuar junto a essa população, bem como para os próprios beneficiados.

NOTA:

Apesar de todo o esforço da equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Petrolândia, os moradores em situação de rua que foram abrigados nesta segunda-feira (23), deixaram o local hoje pela manhã não esperando, inclusive, o café da manhã.

Como foi informado à toda a população, a equipe responsável pela busca ativa desses moradores não mediu esforços para que eles aceitassem a situação de isolamento social e cumprissem o período de quarentena. Para isso, todos os itens básicos foram disponibilizados para atendê-los da melhor forma possível.

Lamentavelmente não tiveram a compreensão da importância de ficarem isolados nesse momento delicado.

Nesse caso, cabe ao Governo Municipal apenas a insistência para o convencimento, não podendo obrigá-los a permanecer no espaço disponibilizado.

Em meio a tantos desencontros nas informações que circulam, esperamos a compreensão da população petrolandense sobre a importância de permanecer em casa.

Inclusive para que os agentes públicos que estão nas ruas ou repartições, realizando os seus respectivos trabalhos para enfrentar essa pandemia, possam estar menos susceptíveis à contaminação pelo COVID-19.